Cuidado com a tinta fresca!

Mesa Paint or die, but love me

À primeira vista, não sabíamos bem o que era mais original: o conceito da mesa ou o seu nome forte e arrebatador “Paint or die, but love me”? Traduzido de forma simples, a mesa concebida pelo designer francês, John Nouanesing, foi baptizado com o título “Pinta ou morre, mas ama-me”!

Com um tampo brilhante e sedutor, as pernas e os recantos desta mesa ultra-original assemelham-se a algo que foi pintado de fresco há não mais de dois minutos!

A ilusão de movimento fluído, um sentimento de amor e loucura que, tal como as sensações arrebatadoras que podem provocar, ganham forma numa mesa vermelha que parece estar a derreter… de paixão!

Para quebrar o gelo no próximo jantar lá em casa, não está nada mau…

Decorou ou redecorou um espaço?