Inspiração & Ideias

Feng Shui: decoração de A a Z

Média: 4.6 (216 votos)
Feng Shui

Antiga arte chinesa, o Feng Shui privilegia a organização sublime dos espaços para permitir um maior fluxo das energias que, por sua vez, podem trazer resultados positivos às nossas vidas. De mãos dadas com a decoração, esta prática pode ser aplicada em toda a casa ou numa só divisão, naquela onde mais necessita de energia positiva! De A a Z, tem aqui o essencial para começar a pôr o Feng Shui a trabalhar para si!

A - Ar
O ar que circula nas nossas casas é tão importante como aquele que respiramos. Todos os dias, abra as janelas durante pelo menos 20 minutos, para permitir a entrada de energias exteriores. Pode ainda comprar purificadores de ar ou plantas que tenham o mesmo efeito.

B - Ba-Gua
A grande “ferramenta” do Feng Shui, o Ba-Gua é um mapa octogonal (muitas vezes adaptado a quadrado) que o vai ajudar a orientar o fluxo de Chi (ver abaixo) na sua casa. Parece estranho? Não é! O Ba-Gua divide qualquer casa ou divisão em nove espaços onde se concentram as diferentes energias. De pé na sua entrada e de costas para a porta encontra: Carreira (no centro da zona frontal), Relacionamento, Antepassados, Riqueza, Saúde, Pessoas que Ajudam (para o lado direito), Crianças e Conhecimento (para o lado esquerdo) e Fama (na zona de trás). Tudo aquilo que estiver a acontecer nesses espaços, sejam boas, sejam más energias, vão-se reflectir nas áreas correspondentes da sua vida.

C - Chi
Feng Shui significa "vento e água", sendo que a energia move-se com o vento e acumula na água. O Chi, por sua vez, é a componente principal do Feng Shui, ou seja, aquela que precisa de se mover livremente para permitir a entrada de energias positivas numa casa. O Chi é uma força da vida e o Feng Shui é uma forma de a colocar na nossa direcção e a trabalhar em nosso favor.

D - Direcções
Vamos buscar as energias a oito direcções diferentes, cada uma com o seu elemento natural e especificidades próprias: Norte (Água), Nordeste (Montanha), Noroeste (Céu), Este (Trovão), Oeste (Lago), Sul (Fogo), Sudeste (Vento), Sudoeste (Terra). O centro que une todas as direcções é a energia “Chi”, a mais potente de todas as energias.

E - Elementos
Existem 5 elementos básicos com significados próprios, sendo que cada um corresponde a uma parte da casa: Árvore/Madeira (Energia Ascendente – Antepassados e Riqueza); Solo (Energia Descendente – Relacionamento, Conhecimento e Saúde); Fogo (Energia Activa – Fama); Metal (Energia de Reunião – Crianças e Pessoas que Ajudam); e Água (Energia Fluida – Carreira).

F - Fogo
O elemento que representa a paixão e a energia activa. A existência harmoniosa deste elemento (nas zonas Sul, Nordeste e Sudoeste) traz energias de apoio para a carreira, ajudando-o a atingir o reconhecimento que deseja. As cores associadas ao fogo são o vermelho, laranja, amarelo forte, púrpura e cor-de-rosa.

G - Gostos pessoais
O Feng Shui não se resume aos 5 elementos e às suas cores mais influentes, mas também precisa do toque personalizado de quem habita a casa! Rodeie-se de coisas bonitas, de coisas que lhe fazem bem só de as ter por perto, de as ver e de as tocar… mas sem montar uma autêntica feira!

H - História
Praticado na China há mais de sete mil anos, o Feng Shui era utilizado para orientar as pessoas no sentido de atingirem aqueles que são considerados os grandes objectivos da vida – saúde, riqueza e poder. Tudo isto era conseguido através da organização eficiente das suas casas. No entanto este foi, durante anos, um segredo muito bem guardado entre imperadores e aristocratas.

I - Intuição
Abraçar o Feng Shui requer algum conhecimento, mas também uma boa dose de intuição. Ao querer aplicar os princípios desta arte na sua casa, há que ter a mente aberta e não ter medo de experimentar e alterar disposições, objectos e cores até se sentir realmente bem… ou como quem diz, realmente invadido por energias positivas!

J - Jardim
Não se esqueça do jardim, afinal, é ele que faz a ponte entre a natureza e o seu lar. Se tiver jardim nas traseiras e na parte da frente da casa, não descure um em detrimento do outro, mas procure mantê-los equilibrados e em sintonia. Não coloque plantas com picos no jardim da frente, nem junto da porta, que são locais de boas-vindas. Em vez de rectos e estruturados, os caminhos devem ser curvados para que a energia possa fluir mais facilmente. Tente incorporar os 5 elementos: à árvore e o solo já lá estão, por isso, basta adicionar um lago ou fonte (água), um espanta-espíritos ou cadeiras (metal) e uma churrasqueira (fogo). Faça questão de semear flores e plantas em cores vivas e atraentes que, sendo apreciadas por aqueles que passam, vão atrair energias positivas para o seu lar. No entanto, mantenha o jardim sempre limpo e livre de plantas e folhas mortas. Se viver num apartamento, coloque canteiros e vasos nas janelas e/ou varandas.

L - Luz
Outra fonte de energia essencial é a luz e quanta mais luz natural tiver, melhor! Relativamente à luz artificial, combine-a com os espaços em questão – candeeiros aconchegantes para o quarto ou uma luz abrangente para o escritório. As velas também são recomendadas, desde que não possuem toxinas.

M - Mobília
Deve existir um espaço de cerca de 90 cm entre a disposição das diferentes peças de mobiliário, para permitir o fluxo contínuo de energia. As camas devem ser encostadas a uma parede, para que tenha um forte apoio por de trás de si e devem ser elevadas para permitir a circulação de energia também por baixo. No quarto de crianças evite os beliches. Disponha a mobília para que nunca esteja de costas para a porta.

N - Não
Alguns dos tabus no Feng Shui incluem: não colocar o fogão na zona Noroeste da casa (significa “fogo no céu” e que um homem da casa poderá ser vítima de um ataque cardíaco); não tenha escadas abertas (significa a perda de riqueza); não plante uma árvore directamente em frente à sua casa (significa que pode reduzir o número de boas oportunidades que lhe possam bater à porta).

O - Organização
Não há palavra mais importante na filosofia Feng Shui do que a organização. O acto de escolher, deitar fora ou arrumar todos os objectos e “tralhas” que tem espalhadas pela casa é meio caminho andado para a criação de um espaço harmonioso e com energias claras. Muita confusão atrai energias negativas o que, por sua vez, esgota não só as suas, como também diminui o seu bem-estar geral e clareza de mente.

P - Princípios
São necessários vários anos de estudo e de experiência para dominar todos os princípios do Feng Shui que, para além de algumas escolas de pensamento, atinge diversos níveis, com técnicas mais e menos complicadas. À medida que vai descobrindo esta arte, vai tropeçar em nomes e conceitos tão invulgares como “Estrela Voador”, “Gua/Trigrama da Vida”, “Direcções Cardeiais”, “Bússola”, “As 8 Mansões”, entre outras.

Q - Quero mais!
Ainda não chegou ao fim do artigo e já está entusiasmado? Ainda bem! A tendência é para ficar ainda mais e há uma enorme oferta para quem quiser estudar a fundo esta arte – de livros, a cursos e workshops, até já existe a profissão “consultor de Feng Shui”!

R - Restantes Elementos
Água – Representa a descontracção, a frescura e a abundância. A existência harmoniosa deste elemento (nas zonas Norte, Este e Sudeste) traz energias calmas, descontraídas, puras e frescas, sendo ainda um símbolo de abundância. As cores associadas à água são o azul e o preto.

Árvore (Madeira) – Representa a saúde e a vitalidade. A existência harmoniosa deste elemento (nas zonas Norte, Este e Sudeste) traz energias calmas, descontraídas, puras e frescas, sendo ainda um símbolo de abundância. As cores associadas à árvore/madeira são o verde e o castanho.

Metal – Representa a claridade e a precisão. A existência harmoniosa deste elemento (nas zonas Este, Sudoeste e Sul) traz energias ligadas à saúde, à vitalidade e ao crescimento, sendo ainda um símbolo de riqueza e prosperidade. As cores associadas ao metal são o cinzento e o branco.

S - Solo
O elemento que representa a alimentação e a estabilidade. A existência harmoniosa deste elemento (nas zonas Centro, Nordeste e Sudoeste) ajudá-lo-á a conseguir a protecção, a estabilidade e a alimentação necessárias para todos os seus relacionamentos. As cores associadas ao solo são o amarelo claro, castanho e bege.

T - Triângulo
As zonas mais importantes da casa – porque estão intimamente ligadas à saúde e ao bem-estar – concentram-se no triângulo entrada-cozinha-quarto. A entrada de uma casa é a “boca do Chi”, ou seja, aquela que recebe e distribui toda a energia. Deve ser um espaço bonito e limpo, sem pilhas de correio, sapatos e casacos (aliás, os armários da entrada devem conter apenas vestuário e objectos sazonais em uso!). O estado da sua cozinha determina o estado da sua saúde, por isso, mantenha este espaço limpo (incluindo todos os electrodomésticos, armários, gavetas e panelas) e organizado. Se puder, substitua todos os detergentes “normais” (muitos químicos) por “naturais” (sem químicos). Enquanto refúgio natural e local de descanso por excelência, é no quarto onde o ambiente deve estar mais arrumado, ou seja, nada debaixo da cama, armários impecáveis e sem roupa e outras coisas amontoadas e que não usa há séculos. O mais importante é retirar objectos que distraem visualmente e em termos energéticos – televisão, equipamento de ginástica, computador…

U - União
O pilar base do Feng Shui é a união entre as forças da natureza e o Homem. As energias que existem no Universo, na natureza e nos objectos podem ser aproveitadas para equilibrar e melhorar as nossas vidas, simplesmente pela eficaz organização do nosso lar.

V - Verde
As plantas e as flores dentro de portas também são permitidas e o Feng Shui dita que purificam o ar e emprestam luminosidade a qualquer ambiente, desde que não sejam cactos ou tenham muitos picos! Se quiser uma planta no quarto, coloque-a longe da cama.

W - WC
Para além de impecavelmente limpo (louças, superfícies, vidros, chão, espelhos, luzes, cortinas, tapetes...) e ordenado (armários e gavetas que nao estejam a abarotar!), o WC não deve ter qualquer avaria (sanita, torneira que pinga, azulejos rachados, lâmpadas fundidas...). Troque frequentemente as toalhas e não faça da casa de banho a lavandaria! Tanto a tampa da sanita como a própria porta da casa de banho devem estar sempre fechadas para impedir a entrada de energias negativas.

X - Xtra, xtra!
Para aguçar a curiosidade, alguns dados extra: existem vários locais públicos que foram decorados com Feng Shui a pedido dos seus proprietários e com o objectivo de atrair prosperidade – Trump Towers (Nova Iorque), MGM Grand Hotel (Las Vegas), Universal Studios (Hollywood) ou Disneylândia de Hong Kong. Madonna, Oprah Winfrey e Britney Spears são apenas três dos muitos famosos que já integraram o Feng Shui nas suas casas e nas suas vidas.

Y - Yin e Yang
Uma filosofia que contempla duas forças complementares em que uma (yin) é tida como passiva, fria e escura; e a outra (yang) é activa, quente e luminosa. As duas estão presentes em tudo aquilo que nos rodeiam, onde proporcionam o equilíbrio, mas também a mudança. No Feng Shui, o equilíbrio é muito importante e, na decoração (seja na escolha das cores ou no número de objectos colocados em cima de uma mesa) a regra é nem de mais, nem de menos.

Z - Zen
Seja a casa inteira, o jardim, o terraço ou apenas o seu quarto, desfrute do ambiente Feng Shui que criou e faça questão de chamar todas as energias positivas para dentro da sua vida!

Média: 4.6 (216 votos)