Inspiração & Ideias

Como escolher móveis de escritório

O escritório é uma divisão que ganha cada vez mais importância numa casa, na medida em que a carreira e a formação contínua acompanha-nos muito para além do horário de expediente. Além disso, trabalhar a partir de casa, full-time ou em regime de freelancer, é uma opção cada vez mais válida e, por isso mesmo, um escritório dentro de casa é fundamental, começando pela escolha dos móveis adequados, que devem ser funcionais, ergonômicos e contemporâneos.

Pensar o espaço

Planejar eficazmente o espaço a ser mobiliado é meio caminho andado para um resultado final agradável e, no caso do escritório, onde até apetece trabalhar! A divisão ou zona que tem destinado ao escritório é grande ou pequena? Será um local onde vai passar muitas ou poucas horas? Para quantas pessoas será o escritório? Só adultos ou também crianças? Que orçamento tem disponível? Vai receber clientes ou é um espaço exclusivo? Quer um ambiente formal, semi-formal ou informal? Independentemente das respostas a estas perguntas, quando estiver escolhendo móveis para o seu escritório, procure orientar-se por estas três regras de ouro:

  1. Simplicidade: simples pode ser bonito, trendy e funcional, e será certamente um melhor investimento a longo prazo;
  1. Versatilidade: é sempre uma boa ideia adquirir mobiliário que possa ser facilmente transportado ou que permite alterações ou adições de peças para corresponder às suas necessidades crescentes e futuras (é por isso que os sistemas por módulos são tão populares!);
  1. Qualidade: um bom investimento é aquele feito em artigos de qualidade, ou seja, mobiliário que não vai partir, ceder ou ficar rapidamente com um aspecto de velho depois de meia dúzia de meses de utilização; dentro das suas possibilidades, procure mobiliário de escritório duradouro.

Mesa multifuncional

  • Protagonista de qualquer escritório, uma mesa não é apenas uma mesa quando se considera que este é um posto de trabalho onde provavelmente passará longas horas…e que se esperam produtivas!
  • Grandes, pequenas, retangulares, quadradas, ovais, redondas, estiradores, em madeira maciça, aglomerados, em MDF, em aço, com tampo em mármore ou vidro, existem uma enorme variedade de escrivaninhas para escritório. Descubra a ideal para o espaço que vai servir!
  • Regra geral, um bom escritório requer uma mesa grande! Ora vejamos: precisa de espaço para o computador, teclado, mouse, para papeis e para trabalhar sem ser no computador… e ainda tem de ter espaço para a impressora, telefone, porta-canetas, entre todos os outros acessórios que são imprescindíveis num escritório?!
  • Nesse sentido, existem mesas enormes que podem ir de uma ponta a outra do escritório; mesas em formato L, perfeitas para trabalhar lado a lado com outra pessoa ou para ganhar uma superfície de trabalho extra; mesas de canto para espaços reduzidos; mesas com painéis extraíveis para crescer sempre que precisa de mais espaço! Procure aquele mais adequado ao seu escritório e à forma como o vai utilizar: uma mesa antiga pode ficar lindíssima no escritório, mas como será certamente de proporções reduzidas e sem gavetas, não vai ser nada produtiva; por outro lado, uma tampa de mesa em vidro pode dar um toque especial ao seu espaço de trabalho, mas se tiver crianças em casa, pode não ser uma ideia muito viável!
  • Mesmo que vá comprar módulos de arrumação, recomenda-se sempre a compra de uma escrivaninha com gavetas embutidas – será mais fácil manter a zona de trabalho organizada, e com tudo o que precisa sempre à mão.

Cadeira confortável

  • Tão ou mais importante que a escrivaninha para o seu escritório é a cadeira que a vai acompanhar. Se vai estar sentada nela durante oito ou mais horas por dia, então terá de ser confortável, ou seja, não vá à procura da maior pechincha da sua vida, mas sim vá preparado para investir! Neste departamento também há uma enorme diversidade, desde cadeiras simples em madeira ou plástico, passando por cadeiras forradas com tecido, camurça ou mesmo pele, rotativas ou não, com ou sem rodas.
  • O detalhe das rodas – permite movimentar-se facilmente entre as extremidades da mesa e até do escritório! – e o fato da própria cadeira poder girar – permite que possa inclinar-se para a frente e para trás e manter um confortável contato visual com o seu monitor por exemplo – são duas excelentes vantagens para escolher uma cadeira para completar a sua mesa de escritório.
  • Muito mais crucial do que o seu design e material, uma cadeira de escritório terá de adaptar-se ao seu corpo e ao seu trabalho, até porque o stress diário que uma cadeira pouco apropriada pode infligir na sua coluna poderá trazer problemas de saúde sérios. As costas da cadeira que escolher deve ter um ligeiro contorno que acompanha a curva das suas próprias costas e um assento almofadado para um conforto extra, no entanto, não deve ser muito apertada. Além disso, uma boa cadeira de escritório deve ter repousos de braços, principalmente se vai passar muitas horas ao computador.

A era da ergonomia

A ergonomia é a disciplina científica relacionada com a compreensão das interações entre os seres humanos e os outros elementos de um sistema, e a profissão que aplica os princípios teóricos, dados e métodos pertinentes para criar com vista a otimizar o bem-estar humano e o desempenho global do sistema. Dito de forma mais simples, a mesa e a cadeira que temos no nosso escritório têm um impacto direto na nossa produtividade, uma vez que influenciam a nossa postura e níveis de conforto. Pior do que uma cadeira desconfortável ou uma mesa muito baixa, são os efeitos negativos que vão acabar por produzir: dores de costas, pernas, braços ou pulsos, cansaço, irritabilidade, stress e desconcentração. No fundo, estas peças devem ser reguláveis para que possa ajustar ambas até se sentir verdadeiramente confortável e durante largas horas de trabalho. O mobiliário de escritório pode ser seu amigo ou inimigo, por isso, invista algum tempo na sua escolha, experimentando tudo in loco.

Arrumação q.b.

  • Um bom escritório não pode ser realmente bom sem espaço para organizar e arrumar todos os papéis, livros, revistas, mil e um objetos e tudo aquilo que acaba invariavelmente por ir parar ao escritório! Espaço para arrumação são os locais onde se coloca tudo aquilo que não está a ser utilizado… e não é que ficam lá tão bem?!
  • Podem ser estantes que vão do chão ao teto (aconselhamos vivamente e nao vai se arrepender!), blocos de gavetas, armários de chão ou fixados à parede (diretamente por cima da escrivaninha ou então para aproveitar um qualquer nicho!), com fechaduras para guardar documentos top secret ou então parte de um sistema modular que lhe permite acrescentar módulos sempre que ficar sem espaço – o importante é que sejam feitos de material duradouro!
  • Por mais limpezas gerais que façamos, a tendência é para continuarmos a acumular coisas! Já deu para perceber que ter muito espaço de arrumação nunca é demais? Além de libertar superfícies de trabalho preciosas, terá tudo no seu lugar (ou seja, menos probabilidade de perder o quer que seja!), não causa stress visual e, consequentemente, aumenta os níveis de produtividade! Não é isso que sempre quis num escritório?

Ambiente agradável

Parabéns, já tem tudo o que precisa para um escritório funcional e produtivo! Depois de investido tanto tempo e dedicação na escolha do mobiliário certo, está na hora de se divertir decorando o seu escritório com estas dica, dando o toque final a um ambiente que também será agradável. Afinal, a vida não é só trabalho!

 

Créditos Imagens: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7

Decorou ou redecorou um espaço?