Festas & Estações

Como decorar uma árvore de Natal

Média: 4.1 (145 votos)

A decoração da árvore de Natal é uma tradição com largos séculos que, ao longo dos últimos anos, tem vindo a adquirir contornos ultra-contemporâneos e cada vez mais originais. Mesmo assim, há quem goste de manter a tradição, utilizando, ano após ano, os mesmos ornamentos que, muitas vezes, até são passados de geração em geração. Independentemente do material que tem para trabalhar, seja criativo, surpreenda e deixe-se surpreender!

Escala & Proporção

A localização é importante quando toca a montagem ou a vinda de um pinheiro para dentro de casa: antes de mais terá de caber e, segundo, terá de ser apropriado para o espaço em questão. Uma sala espaçosa com tetos altos vai impressionar com uma árvore de Natal de 2 metros, ao contrário de um apartamento pequeno que requer uma árvore de um porte menor, talvez daquelas que se possam colocar sobre uma mesa, para uma decoração natalina igualmente elegante. Tendo em conta o tamanho da árvore, há que escolher cuidadosamente as suas decorações, ou seja, uma árvore grande e vistosa requer ornamentos grandes e vistosos; tal como uma árvore pequena pede uma decoração à sua medida. Não iria gostar de ver um pinheiro de 2,5 metros com bolas de 2 cm ou então uma árvore de 1,5 metro com decorações de 30 cm. O equilíbrio da árvore de Natal é um fator chave para obter um resultado final deslumbrante!

A base

Embora um pinheiro natural requeira um recipiente adequado para o seu tronco e água, nada o impede de o decorar: forre-o com papel de Natal ou com grinaldas, aplique ornamentos com um pouco de fita adesiva ou então escolha um vaso que dê nas vistas – com um pé mais alto ou então com detalhes trabalhados. O pinheiro artificial, normalmente vem equipado com pés que o sustentam, que também podem ser cobertos com um tecido natalino, com musgo ou colocados dentro de um recipiente bem bonito.

Estilo

O estilo da árvore natalina depende de vários fatores, começando pela escola da árvore: natural ou artificial? Escolhido o modelo, há que dar a devida atenção ao design da árvore e, embora não seja obrigatório combinar o pinheiro com a restante decoração da casa, é importante estabelecer algum tipo de ligação para que a árvore de Natal não pareça desadequada à casa onde se encontra. Por exemplo, se na sua casa impera uma decoração minimalista, um pinheiro com mil e uma luzes, cores e ornamentos pode não ficar tão bem como uma decoração natalina que vá de encontro à atual decoração – neste caso, menos é mais! Atualmente, existem árvores de Natal artificiais de várias cores – branco, azul, prateado – pode optar por marcar a diferença assim. Se quiser utilizar apenas um tipo de ornamento e um tipo de grinalda, porque não? Um pinheiro grande com ornamentos EG é muito apelativo, sendo que não vai precisar de muitas decorações. Inspire-se! Acima de tudo, a árvore de Natal deve ser um reflexo da sua personalidade e gosto pessoal.

Cores

Uma quadra tão alegre e festiva como é o Natal pede, obviamente, muita cor… mas como saber quais os tons adequados para o pinheiro? Por exemplo, se é adepto de uma decoração kitsch e colorida, transponha essas ideias para a árvore, fazendo uma combinação de várias cores da época: vermelho, verde, dourado e prateado. Não tenha receio de inovar – um pinheiro pode ainda ser “pintado” de cores menos habituais, como o azul e o branco ou o amarelo e verde para um visual simultaneamente moderno e elegante. Por outro lado, em vez de utilizar todos os ornamentos de Natal que possui, escolha apenas aqueles em tons de branco e prateado e, no ano seguinte, utilize duas cores diferentes, para uma árvore completamente nova em todos os Natais!

Temas

Apesar do tema predominante ser o Natal, a árvore não tem de obedecer única e exclusivamente à decoração natalina – pode abordá-la de uma forma original ou então inovar com um design completamente original. Inspire-se nestas ideias:

  • Árvore de Natal Infantil – desenhos coloridos e recortados, peluches natalinas (Papai Noel, Mamãe Noel, bonecos de neve, anjos, renas, flocos de neve, presentes…), imagens de feltro…
  • Árvore de Natal Gastronômica – paus de canela, nozes suspensas com fitas natalibas, maçãs pequenas cobertas com brilhantes, bolachas caseiras como as típicas bolachas de gengibre, chocolates, candy canes
  • Árvore de Natal Jardim – borboletas douradas, libélulas verdes, poinsétias miniaturas, pinhas, folhas de árvores secas, grinaldas verdes e douradas…
  • Árvore de Natal Elegante – cristais transparentes, bolas de vidro, pequenos espelhos, um lustre com velas a servir de estrela no topo, grinalda tipo pérolas…

Distribuição

A parte mais difícil da decoração da árvore de Natal é a distribuição de bolas, estrelas, bonecos de neve e iluminação. Para conseguir o equilíbrio desejado e um pinheiro que é uma verdadeira visão, não desespere! Oriente-se com estas dicas simples:

  • Comece por pendurar as iluminações, seguido das grinaldas e só depois os ornamentos.
  • As iluminações devem ser colocadas a partir da base do pinheiro e em sentido ascendente. Trabalhe de dentro para fora, de forma que obtenha uma luz uniforme tanto nos ramos interiores, como exteriores. Não poupe na iluminação – para esta ser verdadeiramente cintilante, saiba que cada 30 cm de árvore requer cerca de 50 a 100 lâmpadas miniaturas em seu torno. Experimente com luzes coloridas e brancas, misturando ou não as duas.
  • No que toca às grinaldas, o ideal é começar a distribui-las de cima para baixo, aumentando a quantidade à medida que vai chegando à base do pinheiro. As grinaldas tipo colar ficam melhor suspensas de ramo em ramo, enquanto as de fita, papel ou alumínio ganham outra vida quando expostas à volta da árvore. Pode misturar estilos de grinaldas ou então utilizar o mesmo gênero de cima a baixo.
  • Não se limite a pendurar ornamentos apenas nas pontas exteriores dos ramos. Não descuide do interior da árvore, preenchendo-a com decorações de forma que crie uma profundidade e vários pontos de interesse.
  • Distribua os ornamentos “normais” (bolas de uma só cor, estrelas…) uniformemente por todo o pinheiro, respeitando o mesmo espaço entre cada um. Depois enfeite com os ornamentos especiais, normalmente em menor número, devem ser distribuídos por entre os restantes.

 

Créditos Imagens: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7
Média: 4.1 (145 votos)