Festas & Estações

Árvore de Natal: verdadeira ou artificial?

A utilização do pinheiro teve a sua origem na Alemanha do século XVI e depressa virou moda, tornando-se cada vez mais belo ter um pinheiro como parte da decoração da casa na quadra natalina. A primeira árvore de Natal artificial foi criada em 1930 pela Addis Brush Company, uma empresa que produzia piaçabas, por isso, imaginem os modelos iniciais! Dada a sua praticabilidade e durabilidade, as árvores de Natal artificiais tornaram-se muito populares, estando cada vez mais sofisticadas. Mas a tradição ainda é o que era, ou não? Se continua na dúvida, conheça as principais vantagens e desvantagens destas árvores antes de escolher.

Árvore de Natal verdadeira

Vantagens

  • É biodegradável, sendo a opção mais natural, mais amiga do ambiente.
  • Disponível em vários tamanhos.
  • O aroma agradável do pinheiro.
  • Absorve o dióxido de carbono e outros gases nocivos, libertando oxigênio fresco para o ar.
  • Depois do Natal, pode plantá-la no jardim.
  • A escolha da árvore pode tornar-se uma tradição familiar.

Desvantagens

  • Disponível apenas na cor verde.
  • Contribui para o abate de árvores.
  • É uma tarefa morosa: a árvore tem de ser bem escolhida, tendo em conta o espaço onde vai ser colocada; se não, terá de ser cortada.
  • Os ramos começam a desfazer-se, caem e sujam o chão à volta da árvore.
  • Precisa de ser regada.
  • Pode apodrecer, por isso, não pode estar exposta durante muito tempo.
  • Muito pesada.
  • Transportar a árvore até a casa e desfazer-se dela depois da quadra natalina pode ser uma tarefa complicada.
  • Apresenta risco de incêndio se não for corretamente vigiada.
  • Pode provocar alergias.
  • Acaba por ser mais cara porque todos os anos é necessário comprar uma nova.

Árvore de Natal artificial

Vantagens

  • São cada vez mais parecidas com os pinheiros naturais.
  • Disponível em vários tamanhos e cores.
  • É fácil de desmontar e não ocupa muito espaço.
  • Não precisa de ser regada.
  • Não apodrece, por isso, pode estar exposta durante muito tempo.
  • Bastante leve.
  • Muitos modelos são anti-inflamáveis.
  • Não provoca alergias.
  • Acaba por ser mais barata porque compra-se apenas uma e esta dura vários anos na decoração de Natal.

Desvantagens

  • Não é biodegradável, sendo a opção menos natural, menos amiga do ambiente.
  • Não pode ser reciclada.
  • Alguns modelos têm um aspecto muito “plástico” e artificial.
  • Requer tempo de montagem, às vezes complicado.
  • Não tem o aroma agradável do pinheiro.
  • Apresenta risco de incêndio se não for corretamente vigiada.

❤ Mais ideias e inspiração para um Natal bem decorado e mágico no Pinterest do Eu Decoro!

❤ Decorou a casa para o Natal? Mostre-nos o “Antes & Depois” do seu projeto decorativo! Clica aqui e envie as fotos!

 

Crédito Imagem: 1

Decorou ou redecorou um espaço?