Inspiração & Ideias

15 ideias criativas para exibir fotografias

Média: 3.6 (28 votos)
Quarto com fotografias

Guardadas em álbuns ou cada vez mais no disco rígido do computador, as centenas de fotografias que tiramos de pessoas ou eventos especiais ou até por hobby acabam por ficar um pouco esquecidas. “Onde colocar” e “de que forma” acabam por ser as principais dúvidas – nós damos uma ajuda com estas 15 ideias.

  1. Embora nem sempre se dispõe de espaço suficiente para exibir um grande grupo de passepartouts com fotografias, a verdade é que um conjunto de molduras é visualmente mais apelativo do que ter várias molduras espalhadas pelo mesmo espaço. Agrupe em mesas, estantes, aparadores, paredes, portas e tectos… experimente até descobrir o que mais gosta.
  2. As fotografias nem sempre têm de ser exibidas em molduras: podem ser coladas directamente numa parede, de forma simétrica ou aleatória; podem cobrir um frigorífico ou uma parede revestida com tinta magnética ou um quadro com o mesmo efeito – afixe-as com ímanes condizentes para um look muito cool.
  3. Um corredor é sempre um excelente espaço para exibir fotografias, podendo até ser transformado numa espécie de galeria: basta colocar as imagens em molduras todas iguais e pendurar com a mesma distância entre cada uma. Para um efeito ainda mais dramático, coloque molduras de ambos os lados e até na parede ao fundo do corredor. Outra opção é usar molduras da mesma cor, mas de tamanhos distintos ou dispor algumas de forma horizontal e outras de forma vertical. Para um arranjo artístico sem falhas, cole uma tira de fita-cola grossa de uma ponta da parede à outra e pendure molduras directamente acima e abaixo dessa linha.
  4. Outro local perfeito para decorar com fotografias é na parede que acompanha um lanço de escadas – como esta não é toda igual (ao contrário de um corredor, por exemplo) pode-se brincar com o espaço, onde o segredo é encaixar na perfeição molduras de dimensões distintas. Um conjunto de molduras de uma só cor fica sempre bem, mas numa decoração mais eclética, também é possível expor um grupo de molduras todas diferentes.
  5. Uma ideia muito criativa passa por dispor várias fotografias entre duas placas de vidro, que servem de tampo de mesa – para a cozinha, sala, escritório e até para mesas-de-cabeceira.
  6. Crie um recanto apenas para expor uma colecção de fotografias, ao instalar duas ou três prateleiras individuais de encaixar na parede, onde pode exibir passepartouts ou simplesmente encostar molduras. Uma semelhança entre as molduras torna este espaço numa galeria privativa, que pode ser facilmente refrescada ao mudar os passepartouts de sítio ou de prateleira.
  7. Se dispensa molduras, pode colar cada fotografia sobre uma cartolina colorida, em tons condizentes ao ambiente circundante e afixar a uma parede, qual obra de arte colectiva.
  8. E o que lhe parece suspender molduras diversas com fitas de cetim a partir de um varão de cortina existente ou comprado para o efeito e pendurado um pouco mais abaixo do que o habitual? O resultado final é fantástico! Se preferir um look mais contemporâneo, escolha um varão liso e pendure as molduras (de preferência quadradas e todas iguais) com recurso a arame próprio. Muito chique!
  9. Já pensou dispor as suas fotografias numa parede de maneira a criar uma árvore genealógica? A ideia é muito engraçada e simples de executar, podendo utilizar-se molduras de cor iguais mas em tamanhos diferentes, para assegurar um certo interesse visual.
  10. Exiba fotografias em locais inesperados: coladas dentro das portas dos armários da cozinha ou dos roupeiros, na porta da entrada (será a última coisa que vê quando sai e praticamente a primeira quando entrar!), na parede da lareira ou na casa de banho.  
  11. Em vez de colocar molduras junto dos livros nas estantes, pendure-as na própria estrutura, horizontal e verticalmente, entre as diferentes prateleiras.
  12. Agrupe fotografias em tons semelhantes, colando-as numa parede ou outra superfície, de maneira a formar uma letra ou nome: “J” para exibir na cabeceira de cama de uma criança ou junto da sua mesa de estudo; “pai” na parede do seu escritório, por exemplo.
  13. Pendurar fitas de cetim coloridas numa parede e afixar fotografias com pequenas molas de madeira ou ganchos originais é uma ideia engraçada, não só para expor e admirar fotos, mas também para poder substitui-las com frequência e facilidade.
  14. Um conjunto de pequenas molduras todas do mesmo tamanho e exibidas lado a lado, formando duas ou três filas, pode facilmente transformar-se numa cabeceira de cama original. Em alternativa, pode instalar uma prateleira no topo da cama, para expor uma bonita colecção de passepartouts. Ambos estes projectos ficam ainda melhor se condizerem com a decoração e paleta de cores já existente no espaço.
  15. Quando exibidas em grupo, o ideal é que as fotografias sejam todas a cor ou todas a preto e branco – contribui para a harmonia da colecção e permite a fixação do olhar e não um ruído visual onde se tenta ver tudo em simultâneo.
Média: 3.6 (28 votos)