Inspiração & Ideias

13 dicas para decorar com almofadas

Média: 3.9 (62 votos)
Decoração de sofá com almofadas

Suaves, macias, confortáveis, coloridas, lisas, com ou sem textura, as almofadas são um acessório decorativo multifuncional. Existindo em vários tamanhos e formatos, não precisa de muitas para renovar um ambiente – basta trocá-las de lugar ou de fronha! Saiba como decorar e bem, utilizando exclusivamente almofadas.

  1. Numa decoração moderna, escolha sempre um número impar de almofadas, ou seja 3 ou 5 almofadas juntas ficam visualmente mais apelativas do que 4 ou 6. Adicionalmente, as almofadas grandes ficam mais bonitas do que um grupo de almofadas pequenas, que acabam por distrair o olhar e dotar a decoração de ruído visual. Os formatos devem recair sobre o típico quadrado e o cada vez mais popular rectângulo; privilegie tecidos como o algodão e o linho, perfeitos para exibir cores fortes e padrões geométricos. 
  2. Para uma decoração clássica, que requer uma certa simetria e formalidade, um número de almofadas par é ideal e o tamanho deve ser adequado à peça que adornam. Os padrões clássicos incluem os florais, adamascados, cornucópias, axadrezados, listados e monogramas… mas não todos ao mesmo tempo; brinque com a combinação de cores e texturas (veludo, seda…). Pode expor almofadas quadradas com almofadas redondas, desde que estejam em número par.
  3. Tem um estilo mais eclético? Então a decoração com almofadas deverá reflectir esse ambiente: grandes e expostas em números ímpar (duas numa ponta do sofá e uma noutra, por exemplo) para conseguir um look descontraído. O estilo eclético define-se pela sua diversidade e excentricidade onde, aparentemente, nada combina – no caso das almofadas, pode perfeitamente escolher um grupo de cinco todas diferentes em termos de textura e padrões, mas faça questão de optar por uma cor que funcione como o elo de ligação.
  4. No Verão opte por fronhas em tons mais claros e em tecidos frescos; no Inverno volte a colocar as fronhas em tons mais escuros e em tecidos quentes e aconchegantes. Da mesma forma que pode ter fronhas sazonais para a quadra natalícia ou pascal.
  5. Evite combinar as cores das almofadas com a cor do objecto que adornam (cama, sofá, cadeira…), ou seja, prefira escolher tons complementares e que estejam presentes na restante paleta de cores do ambiente. Por exemplo: numa sala de estar dominada pelo laranja, bege e castanho chocolate, não faz muito sentido decorar com almofadas azuis.
  6. Em espaços que foram decorados com uma paleta de cores neutra e/ou monocromática, não precisa mais do que uma mão cheia de almofadas numa cor sólida e dramática para dar um toque final exuberante.
  7. Parece que falta algo de especial no quarto de dormir? Adicione à cama uma série de almofadas complementares em termos de cores, mas diferentes em termos de tamanhos. Conforto e aconchego instantâneo!
  8. Não reserve as almofadas exclusivamente aos sofás ou às camas, escolhendo modelos de grandes dimensões para colocar no chão, num recanto junto à lareira, no quarto das crianças ou num nicho reservado à leitura no escritório.
  9. As almofadas podem ser cobaias perfeitas para fazer o test-drive de uma nova cor em casa, ou seja, quer incluir o laranja ou o vermelho na sua decoração, mas não tem a certeza se vai gostar? Comece pelas almofadas: é uma opção segura e económica.
  10. Seja criativo e utilize almofadas para decorar locais inesperados: colocadas sobre um banco na casa de banho, empilhadas no chão num recanto do corredor ou nas cadeiras da cozinha. Porque não?
  11. Utilize as almofadas como obras de arte, adquirindo peças únicas, pintadas à mão, adornadas com lantejoulas, brilhantes, botões ou borlas; estampadas com ilustrações ou motivos originais.
  12. Dê uma lufada de ar fresco no interior de casa com almofadas inspiradas na Mãe Natureza – cores terra (castanhos, verdes, laranjas, vermelhos e amarelos), sem esquecer os motivos florais e botânicos.

Leve as almofadas para a rua, utilizando-as para tornar ainda mais confortáveis os ambientes de exterior existentes nas varandas, terraços, jardins e pátios. As cores vibrantes animam qualquer espaço lá fora e, para um impacto ainda mais forte, escolha cores que não são habitualmente utilizadas no exterior – caso do branco, preto e cinza. A vantagem das almofadas é que as fronhas saem e podem ser facilmente lavadas!

Média: 3.9 (62 votos)